Para se explicar ao Parlamento, ministro da Educação escolherá entre convite ou convocação