Declaração de Bolsonaro sobre combustíveis gera resposta dura de governadores