Rubens Bueno, líder do Cidadania, critica bravata do presidente sobre o ICMS dos combustíveis