Ministério da Saúde avalia que próximos dias serão decisivos no combate ao COVID-19