A contragosto do governo, Mandetta fica, mas instabilidade entre ele e Bolsonaro continua