Posse relâmpago do novo diretor-geral da Polícia Federal repercute no meio político