Centrão pode indicar Ricardo Barros para liderança do governo na Câmara, apesar de críticas da oposição